Alguns recursos desse site utilizam cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar a navegar nesse site, você concorda em utilizá-los?

Área de Conhecimento

Resultados de estudos, pesquisas e nossa produção intelectual ao seu alcance.

Aqui você encontra parte de nossos conteúdos.
Veja todo conteúdo

Finep anuncia nova linha de crédito para empresas que investirem em pesquisa

A Finep, empresa pública brasileira de fomento à ciência, tecnologia e inovação, lançou uma linha de crédito para oferecer melhores […]

Finep anuncia nova linha de crédito para empresas que investirem em pesquisa

A Finep, empresa pública brasileira de fomento à ciência, tecnologia e inovação, lançou uma linha de crédito para oferecer melhores condições de apoio a empresas que investirem em projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em parceria com institutos de ciência e tecnologia ou universidades. Denominado Finep Conecta, o novo mecanismo prevê taxas de juros menores com prazos e carências mais longos.

O Finep Conecta terá disponível R$ 500 milhões para financiar projetos que se enquadrem nos requisitos. Dependendo do grau de inovação da proposta, a Finep vai financiar até 100% do projeto, que deve ter valor mínimo de R$ 5 milhões. O prazo de retorno do empréstimo chega a 16 anos. Qualquer tipo de Projeto Estratégico de Inovação (PEI) apresentado pela empresa será analisado.

Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, a Finep financia tanto empresas na área de P&D quanto universidades. Os recursos disponíveis são da própria Finep. Caso seja necessário, o orçamento poderá se ampliado.

“No mundo inteiro, a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e a geração de inovação são feitos dentro da empresa. Os maiores empregadores de P&D na área científica são as próprias empresas. Na Coreia, 80% dos pesquisadores estão nas empresas. No Brasil é o inverso, são só 20%. Os outros 80% estão nas universidades ou nos laboratórios públicos”, disse o presidente do Finep, Marcos Cintra, durante o lançamento do projeto na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“Estamos oferecendo recurso de longo prazo, barato, acessível às empresas para elas desenvolverem seus projetos de inovação desde que tragam o meio acadêmico para o desenvolvimento”, destacou Cintra.

De acordo com o presidente da Finep, na maioria das vezes, as empresas não geram ideias inovadoras porque os pesquisadores não são contratados. Ao mesmo tempo, os pesquisadores se dedicam mais às suas teses e estudos e não a trabalhar em projetos que interessem ao setor produtivo. “Esse programa faz com que a empresa diga ao pesquisador o que ela precisa e pague ao pesquisador para desenvolver o produto. Parte dos recursos que a Finep dá para a empresa é transferida para os institutos sob encomenda para desenvolver o que a empresa precisa.”

Cintra informou que diversas empresas que já tinham conhecimento da nova linha de crédito mostraram interesse em financiamento para projetos de grande porte. “Em diversas áreas, manufatura, produtos de varejo, entre outras. Acredito que empresas menores comecem a se interessar a partir da divulgação do programa”, disse.

Fonte: Agência Brasil

BNDS lança fundo de R$100 mi para impulsionar startups brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está desenvolvendo um projeto de financiamento anjo de cerca de R$ [...]

Condenação na OMC exige repensar competitividade

Por Alfonso Abrami e Julio Piccaro* É suficientemente claro a (quase) todos os agentes econômicos e setores de governo envolvidos [...]

Lei estadual do Rio de Janeiro fortalece a implementação das normas ISO 37001:16 e ISO 19600:14 pelas empresas

No dia 16 de novembro entrará em vigor a Lei 7.753/2017, que torna obrigatória a presença de Programa de Integridade [...]

As 10 empresas mais inovadoras no Brasil, segundo a Forbes

De pequenas mudanças para deixar o negócio mais eficiente a divisões de negócio completamente novas, a Forbes selecionou as 10 [...]

'Deu match': universidades públicas aderem a plataforma para aproximar empresas e pesquisas

A expressão “deu match”, usada quando há interesse mútuo entre usuários do aplicativo de paquera online Tinder, deve ganhar força [...]

A Lei do Bem e o crescimento sustentável da economia

Por Alfonso Abrami Políticas econômicas protecionistas ou de incentivos ilusórios, no melhor estilo “tapando o sol com a peneira”, só transferem [...]

A Lei do Bem ganha força com a condenação pela OMC de 7 programas federais de subsídio à indústria nacional

A Organização Mundial do Comércio (OMC) divulgou na quarta feira (30 de agosto) a condenação de diversas medidas de incentivo à indústria [...]

Facebook investe em espaço de empreendedorismo e inovação em SP

Até o final deste ano, a avenida Paulista, em São Paulo, terá um centro de inovação e empreendedorismo pensado e desenvolvido pelo Facebook. [...]

Inovação e educação digital

Qualificar a educação pública e desenvolver um ambiente propício à inovação são dois dos maiores desafios do Brasil. Países que [...]

Você, seu trabalho e as organizações-caravela

Diante de um futuro em radical transformação, não faz nenhum sentido pensar que as organizações e o emprego continuarão tal [...]

Série do JN sobre inovação mostra que futuro chegou e até já passou

Faz alguns meses, o Jornal Nacional recebeu uma sugestão de pauta bem ambiciosa. A ideia era produzir uma série de [...]

contato

fale conosco

Entre em contato com a gente pelo formulário abaixo:
Assunto:
Comentário:

Trabalhe conosco

Envie seu currículo para Pieracciani:
Área:
Comentário:
55 11 5506 2953

Rua Geraldo Flausino Gomes, 78cj. 151
Brooklin NovoSão PauloSP04575-060

Cadastre-se

Receba novidades e notícias da Pieracciani