Alguns recursos desse site utilizam cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar a navegar nesse site, você concorda em utilizá-los?

Área de Conhecimento

Resultados de estudos, pesquisas e nossa produção intelectual ao seu alcance.

Aqui você encontra parte de nossos conteúdos.
Veja todo conteúdo

Fomento, Inovação e Competitividade

Para termos um país competitivo, precisamos dar mais voz aos empreendedores criativos, que acreditam em projetos e correm atrás para […]

Fomento, Inovação e Competitividade

Para termos um país competitivo, precisamos dar mais voz aos empreendedores criativos, que acreditam em projetos e correm atrás para serem os primeiros.

Que o brasileiro é um povo criativo, todos sabem. Mas se beneficiar dessa criatividade para gerar um país mais competitivo é o que precisamos aprimorar. Empresas que se destacaram quanto a sua criatividade foram fomentadas por um ambiente de negócios propício para sua atividade, gerando produtos inovadores e se tornando referências mundiais, como o Facebook e Instagram, ambos com brasileiros na concepção de seus projetos.

Para termos um país mais competitivo, precisamos dar mais voz aos empreendedores criativos, que acreditam em um projeto e correm atrás para serem os primeiros em mercados globais. Para que isso ocorra, precisamos fomentar serviços e produtos pioneiros para que estejam no mercado e sejam competitivos.

O fomento por meio de recursos financeiros, relacionamento e gestão faz com que as empresas acelerem a sua curva de crescimento, ganhando tempo precioso em um mercado competitivo, onde estar à frente fará a diferença para nos tornarmos referência.

O Brasil precisa criar condições para que existam mais fundos de investimentos em venture capital (Venture Funds), que façam as apostas em ideias, serviços e produtos inovadores, desde a fase inicial.

Isso pode ser feito com poucos ajustes na Lei do Bem para que as empresas beneficiadas possam aplicar seus recursos em Venture Funds fomentando empresas brasileiras nascentes, com a aquisição de quotas, ações ou notas de débito conversíveis.

A ABES tem trabalhado nestes aspectos, demonstrando a importância de se fomentar a inovação para termos um Brasil mais competitivo. As agências de fomento, como BNDES, FINEP, CNPq e FAPs estão buscando um caminho, conhecem a importância desse tema, mas ainda precisamos aperfeiçoar, ter mais recursos e correr mais riscos. Hoje, as garantias exigidas das mentes criativas são incompatíveis com o mercado do conhecimento, com empresas nascentes e muito boas ideias morrem pela falta de fundos, quando já estão quase lá.

A legislação brasileira com foco em inovação está sendo aperfeiçoada para que estejamos atualizados e competitivos, com o Governo recuperando seu papel de indutor da inovação. Sabe-se que países que investem em inovação estão entre as principais potências mundiais. O retorno do investimento feito em empresas inovadoras se dá na forma de impostos, empregabilidade, desenvolvimento regional e principalmente na formação de quadros gerenciais voltados para a inovação e criatividade.

Países membros da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) têm buscado investir em inovação por meio do incentivo fiscal, sendo esta uma tendência mundial. O Brasil precisa fomentar para sair da crise, crescer e gerar competitividade. Por meio de pequenos aperfeiçoamentos, a Lei do Bem e a Lei de Informática podem e devem contribuir para a geração de novos produtos e serviços, com  novas ou antigas empresas, fomentando o empreendedorismo e intra-empreendedorismo.

Por Jamile Sabatini Marques, diretora de Inovação e Fomento da ABES – Associação Brasileira das Empresas de Software –Membro do Comitê de Startups do MCTIC, Presidente da Câmara de Tecnologia e Inovação da FECOMÉRCIO – Federação do Comércio de Bens, de Serviços e de Turismo de Santa Catarina e Membro do Conselho International Journal of Knowledge-Based Development (IJKBD).

Fonte: ITForum365

BNDS lança fundo de R$100 mi para impulsionar startups brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está desenvolvendo um projeto de financiamento anjo de cerca de R$ [...]

Condenação na OMC exige repensar competitividade

Por Alfonso Abrami e Julio Piccaro* É suficientemente claro a (quase) todos os agentes econômicos e setores de governo envolvidos [...]

Lei estadual do Rio de Janeiro fortalece a implementação das normas ISO 37001:16 e ISO 19600:14 pelas empresas

No dia 16 de novembro entrará em vigor a Lei 7.753/2017, que torna obrigatória a presença de Programa de Integridade [...]

Finep anuncia nova linha de crédito para empresas que investirem em pesquisa

A Finep, empresa pública brasileira de fomento à ciência, tecnologia e inovação, lançou uma linha de crédito para oferecer melhores [...]

As 10 empresas mais inovadoras no Brasil, segundo a Forbes

De pequenas mudanças para deixar o negócio mais eficiente a divisões de negócio completamente novas, a Forbes selecionou as 10 [...]

'Deu match': universidades públicas aderem a plataforma para aproximar empresas e pesquisas

A expressão “deu match”, usada quando há interesse mútuo entre usuários do aplicativo de paquera online Tinder, deve ganhar força [...]

A Lei do Bem e o crescimento sustentável da economia

Por Alfonso Abrami Políticas econômicas protecionistas ou de incentivos ilusórios, no melhor estilo “tapando o sol com a peneira”, só transferem [...]

A Lei do Bem ganha força com a condenação pela OMC de 7 programas federais de subsídio à indústria nacional

A Organização Mundial do Comércio (OMC) divulgou na quarta feira (30 de agosto) a condenação de diversas medidas de incentivo à indústria [...]

Facebook investe em espaço de empreendedorismo e inovação em SP

Até o final deste ano, a avenida Paulista, em São Paulo, terá um centro de inovação e empreendedorismo pensado e desenvolvido pelo Facebook. [...]

Inovação e educação digital

Qualificar a educação pública e desenvolver um ambiente propício à inovação são dois dos maiores desafios do Brasil. Países que [...]

Você, seu trabalho e as organizações-caravela

Diante de um futuro em radical transformação, não faz nenhum sentido pensar que as organizações e o emprego continuarão tal [...]

Série do JN sobre inovação mostra que futuro chegou e até já passou

Faz alguns meses, o Jornal Nacional recebeu uma sugestão de pauta bem ambiciosa. A ideia era produzir uma série de [...]

contato

fale conosco

Entre em contato com a gente pelo formulário abaixo:
Assunto:
Comentário:

Trabalhe conosco

Envie seu currículo para Pieracciani:
Área:
Comentário:
55 11 5506 2953

Rua Geraldo Flausino Gomes, 78cj. 151
Brooklin NovoSão PauloSP04575-060

Cadastre-se

Receba novidades e notícias da Pieracciani