Alguns recursos desse site utilizam cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar a navegar nesse site, você concorda em utilizá-los?

Área de Conhecimento

Resultados de estudos, pesquisas e nossa produção intelectual ao seu alcance.

Aqui você encontra parte de nossos conteúdos.
Veja todo conteúdo

GMIS (Global Manufacturing and Industrialization Summit) 2017: O Mundo 4.0, um Caminho Sem Volta!

Por Ronald M. Dauscha As soluções da 4ª revolução industrial contam com uma série de componentes e conceitos importantes que […]

GMIS (Global Manufacturing and Industrialization Summit) 2017: O Mundo 4.0, um Caminho Sem Volta!

Por Ronald M. Dauscha

As soluções da 4ª revolução industrial contam com uma série de componentes e conceitos importantes que podem, combinados, gerar uma série de sistemas e plataformas avançadas, como, big data, IoT, impressão aditiva, data analitycs, inteligência artificial, robôs autônomos e interligados, gêmeos digitais, entre muitos outros. O desafio é saber como dosar e combinar estes itens, de forma alinhada com a maturidade da empresa e coerente com a direção estratégica da mesma.

A abordagem 4.0 extrapola o ambiente fabril, se estendendo por toda a organização, integrando várias áreas e processos visando, inicialmente, ganhos de produtividade e eficácia. Adicionalmente, outro eixo muitas vezes esquecido, é o da cadeia de valor como um todo, onde as aplicações 4.0 trafegam desde as matérias primas e fornecedores, passando pela organização mãe, navegando através de uma logística inteligente, e chegando até o cliente final. O último passo, é integrar todas estas peças e atores, para idealizar e implementar modelos de negócio completamente disruptivos.

Em recente evento internacional ocorrido em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, entre 27 e 30 de março, organizado pelo governo desta nação juntamente com a UNIDO da ONU, traçou-se um cenário sem volta de adoção de todas estas tecnologias e aplicações em praticamente todos os setores industrias e processos de negócios. A preocupação dos Emirados, que foi o anfitrião e um dos organizadores desta conferência, é com o crescimento da disponibilidade e utilização de energias renováveis e conseqüente redução futura dos preços dos combustíveis fósseis. Para eles só existe uma saída: tornar-se uma economia altamente industrializada e focar em políticas de governo e parcerias mundiais que levem a esta drástica mudança na economia. Como exemplo, investirão quase 200 bilhões de dólares nos próximos 35 anos para isto, e com decisões firmes como transformar totalmente o currículo da educação básica para que leve um jovem de 12 anos já saber programar algoritmos com metodologias de última geração, além de implantar fábricas – laboratórios em vários pontos do país.

Com as novas tecnologias, processos automatizados, uma engenharia integrada e produção virtual (com o conceito de elementos ou processos gêmeos, testáveis sem a necessidade destes existirem materialmente, em todas as fases), a tendência é que as fábricas, em tese, possam ir para qualquer país, pois haverá uma drástica redução da mão de obra fabril necessária (no passado o movimento era contrário, inviabilizando em vários países a produção local, e levando no passado regiões como a China a centralizar a fabricação em massa). Inclusive, nesta linha, já se questiona quem será o trabalhador do futuro: o homem, o robô ou o computador?

Finalizando, este andamento rumo a um mundo 4.0 é um caminho sem volta, pois com o advento de tecnologias como IoT (que estará nos produtos, processos e pessoas), apenas para citar um exemplo, todas as compras, necessidades e transações serão registradas nominalmente, permitindo uma modelagem totalmente diferente das organizações perante ao fluxo de consumo, à mobilidade em geral, à troca de informações e até, em relação às interações entre seres humanos e com o meio ambiente. Só existe uma maneira para não ficarmos para trás: é estudar, entender e implantar também estas soluções no Brasil, nem que seja parcialmente e em áreas delimitadas, mas sempre aplicando uma revisão contínua e inteligente, garantindo uma atualização e equiparação de nossa sociedade aos mais modernos conceitos mundiais.

Google procura fintechs da América Latina para programa no Campus São Paulo

O Campus São Paulo, iniciativa do Google para alavancar o ecossistema empreendedor, anunciou um novo programa para startups do Brasil [...]

Teoria do diamante e externalidades

O Estado enquanto indutor da competitividade à luz da “Teoria do Diamante” de Porter. A metáfora do diamante deve-se ao [...]

FAPESP busca parceria com empresas para Centro de Pesquisa em Manufatura Avançada

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) anunciou ontem abertura de edital para seleção de [...]

Embrapii e Sebrae firmam parceria para estimular a inovação nas pequenas empresas

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) formalizou no dia 12/06, em São Paulo, o contrato com o [...]

O ecossistema da inovação

Conheçam os agentes que atuam no efervescente universo das startups, as bolas da vez capazes de impulsionar a economia no [...]

Registro de patentes deve se acelerar com nova regra

A admissão de pedidos de análise de patente no Brasil deverá cair de 4 anos para 120 dias com uma [...]

A inovação é a alavanca da sustentabilidade

Não basta apenas gerir ou reduzir danos, as empresas líderes hoje investem em tecnologias e modelos de negócios que gerem [...]

Inovação é o caminho para um novo patamar de desenvolvimento

No Brasil, O POVO é um dos grupos de comunicação pioneiros a apostar no conceito de Corpore Venture, que é [...]

Ford substitui CEO por executivo de inovação para "adotar o Vale do Silício"

A Ford acaba de fazer uma grande mudança: demitiu o CEO Mark Fields para colocar Jim Hackett, responsável pela área [...]

Fomento, Inovação e Competitividade

Para termos um país competitivo, precisamos dar mais voz aos empreendedores criativos, que acreditam em projetos e correm atrás para [...]

Fortaleza ganha Centro de Inovação da Microsoft

O primeiro centro de inovação da Microsoft em Fortaleza será inaugurado nesta quarta-feira (17) na sede do FB Ideias, no [...]

FAPESP busca empresas parceiras para criação do Centro de Pesquisa em Engenharia: Manufatura Avançada

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) anunciou na última quinta-feira, 11/05, a abertura de [...]

contato

fale conosco

Entre em contato com a gente pelo formulário abaixo:
Assunto:
Comentário:

Trabalhe conosco

Envie seu currículo para Pieracciani:
Área:
Comentário:
55 11 5506 2953

Rua Geraldo Flausino Gomes, 78cj. 151
Brooklin NovoSão PauloSP04575-060

Cadastre-se

Receba novidades e notícias da Pieracciani