Change Management: mudanças que geram oportunidades

Muitas pessoas são resistentes às mudanças, mas e quando a mudança deve fazer parte da inovação da sua empresa?

Por
Publicado em

Muitas pessoas são resistentes às mudanças, mas e quando a mudança deve fazer parte da inovação da sua empresa? Para isso, existe a Gestão de Mudanças, em inglês, Change Management.

A inovação já traz por si só a ideia de mudança, mas muitos acreditam que “em time que está ganhando, não se mexe”, o problema com isso é que a todo instante tudo muda, tudo se moderniza e, se você não mudar, ficará para trás.

Desta forma, é importante implementar uma metodologia que possa facilitar este processo que é muitas vezes doloroso. É aí que entra o Change Management.

O que é?

Change Management, ou Gestão de Mudanças, é uma metodologia que facilita gerenciar os colaboradores por meio de ferramentas, diretrizes e técnicas, no momento de transformação da organização.

É uma forma de preparar e dar suporte aos colaboradores, monitorando as suas atividades e organizando etapas para garantir que toda transformação seja um sucesso.

Agora que compreendemos o que significa, é possível mensurar sua importância, afinal, todas as grandes organizações passam por mudanças, sejam elas sutis ou de grande relevância.

O que não podemos esquecer é que a mudança sempre é necessária e deve ser vista com positividade por todos os colaboradores, buscando sempre a melhor forma de colaborar com todo o processo.

Change Management: Como implantar?

Agora vamos conhecer o passo a passo que deve ser seguido para iniciar o processo de Gestão de Mudanças. São eles:


  1. Estruture um projeto de mudança – nele deverá conter as metas, prazos, equipes, processos e os líderes. Em suma, é um planejamento de como a mudança deve acontecer;
  2. Apresentação do planejamento – aqui deverá ser apresentado o planejamento aos colaboradores, o ideal é que seja dividido em fases e que os prazos sejam bem específicos;
  3. Oferecer a Infraestrutura adequada – é essencial que haja ferramentas, infraestrutura, equipamentos, softwares, meios que possam garantir que a transição seja eficaz;
  4. Canal de comunicação contínuo – todas as etapas devem ser constantemente atualizadas, através de reuniões com feedbacks contínuos e que sejam dados de forma clara e constante, avisando sempre que houver modificações no planejamento;
  5. Comemore cada conquista – é fundamental para manter todos mais motivados e participativos, é o momento de reconhecer esforços e a dedicação de todos;
  6. Revisão e ajustes – sempre revise o planejamento e esteja pronto para fazer ajustes, afinal, nem tudo sai como planejamos.


Existem diferentes tipos de mudanças organizacionais?

Sim, são quatro tipos de mudanças organizacionais que precisamos conhecer:

  • Incremental – é a mais comum e fácil de fazer, sendo considerada uma mudança sutil que é acrescentada à rotina. Por exemplo: um novo software;
  • Transformacional – não há nada de sutil nesta, é mais complexa e geralmente afeta a todos os setores. Muito utilizada em momentos de crise que se precisa de reestruturação completa;
  • Evolucionária – ocorre de forma mais gradual, sendo sempre seguida de uma meta específica. Pode ser realizada quando a empresa quer absorver uma nova demanda do mercado;
  • Revolucionária – esta é a forma mais complexa de todas. Acontece quando o negócio depende dela para continuar sobrevivendo, ocorre em empresas tradicionais que querem se realocar no mercado.

Conclusão

Toda mudança é bem-vinda, mas ela deve ser feita de forma planejada e com a colaboração de todos. O Change Management auxilia neste processo de mudança.

Sabendo disso, a Pieracciani tanto ajuda no aprendizado desta metodologia, quanto realiza consultoria para acompanhar a inovação em sua empresa.

Quer saber mais? Entre em contato conosco!

Um Time multidisciplinar preparado para pesquisar, conceber soluções e agir de forma inovadora.

Assine nossa Newsletter!

This section uses a container element to ensure the content looks right on every device. It’s centered with the class “Centered Container.”

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Design Thinking não é um workshop!

Características da Inovação Fechada e da Inovação Aberta

Jornada do Usuário: uma forma de entender e melhorar as interações

Qual é o propósito que você está atendendo: o seu, da sua empresa ou do cliente?

Vídeos

voltar ao blog

Conheça nossos livros

Design-Driven Innovation

Mudar as regras da competição: a inovação radical do significado de produtos

O Princípio Transformador das 16x

A inovação na prática para resultados 16x melhores

Diário de Construção de um Time

Lições do mundo altamente competitivo da ginástica rítmica para aplicar na sua empresa

O Princípio da Pirâmide

A lógica aplicada na escrita, no pensamento e na resolução de problemas.

Nunca/Sempre fizemos assim!

O livro de cabeceira do Gerente e do Supervisor para mudanças organizacionais.

Usina de Inovações

Guia prático para a transformação da sua Empresa

A Verdadeira Mágica

O primeiro livro de um projeto que levará conhecimento prático sobre...

Overcrowded

Overcrowded resume meus estudos mais recentes sobre como praticar inovação e conquistar...

Império da Inovação

Este livro oferece um choque de realidade e uma nova perspectiva no que se refere à gestão

Veja Todos os Nossos Livros